Páginas

27 de maio de 2013

Cassiano, não sobreviveu mas ainda precisamos de ajuda.



Amigos,

Infelizmente, por conta da crueldade, do descaso, da falta de respeito e principalmente, da falta de amor ao próximo das pessoas, perdemos o nosso novo resgatado. Mais uma vez, estamos aqui, para compartilhar com vocês um final triste que teve como desfecho a morte de um cãozinho.

Batizamos o nosso novo resgatado de Cassiano.
Agora, com calma e depois tudo que podia ser feito para ajudá-lo, podemos sentar aqui e contar tudo desde o início.

Contratamos uma tosadora para dar um trato no visual dos Garrinhos no ultimo sábado e fui buscar a nossa querida Caramela, que precisava cuidar do pelo...

No caminho nos deparamos com Cassiano, caído numa calçada cheia de lama, na Estrada da Matriz ao lado de um Posto de Gasolina que foi inaugurado a pouco tempo, em Pedra de Guaratiba, do seu lado um pote de sorvete com água e uma bandeja com arroz e um pouco de ração...

Mais impressionante ainda: Cassiano estava com uma gravatinha (daquelas de pet shop) toda surrada, pendurada em seu pescoço e pior ainda: seu corpo estava completamente encharcado de gasolina! Sim, Cassiano tinha Gasolina por todo o seu corpinho.

Claro que paramos o carro e fomos olhar o cãozinho, que estava realmente muito prostrado, muito debilitado e quando olhamos seus olhos veio a pior das suspeitas: cinomose.



Conseguimos um atendimento espetacular na Clinica Veterinária West Care, Cassiano recebeu todos os primeiros socorros e veio então a segunda suspeita: um atropelamento ou intoxicação, Cassiano tinha convulsões, estava com a visão comprometida, sentia dores pelo corpo, não nos deixava manipulá-lo.

Tentamos de tudo para salvar aquele menino tão frágil, tão jovem, tão sofrido...

Sabemos que não somos Deuses e que não podemos salvar a todos, mas é impossível não sentir muita revolta quando nos deparamos com um caso como esse...

Pior ainda ver uma vida ser descartada com requintes de crueldade, um jovem cãozinho que sofreu durante horas ou dias em uma calçada, sem que ninguém olhasse para ele...



Acreditem amigos, tentamos de tudo para que Cassiano sobrevivesse, a melhor internação, os exames mais modernos, os melhores veterinários...
Não podemos deixar de agradecer a Dra Caroline, que além de ter sido uma profissional extremamente competente, foi um ser humano digno de orgulho, costumamos dizer, que não basta que um veterinário ame apenas a veterinária... é fundamental que antes de qualquer coisa esse profissional ame os animais! E tivemos a sorte de encontrar no nosso caminho alguém em que pudemos confiar a vida de um Garrinho.

Fica aqui, apenas a tristeza, a revolta e mais uma vez a sensação de impotência diante de um corpo já sem vida, sem esperanças nos mostrando que o futuro da nossa espécie merece cada punição que temos visto por aí, em forma de catastrofes e "desastres" naturais.

Nos resta agora, dar um destino a um corpo sem vida, providenciar a cremação de mais um ser que foi apenas uma vítima da nossa sociedade.

Nos resta o conforto de ao menos ter dado a esse menino um fim de vida em um lugar quentinho, com carinho e sem tantas dores.

E pagar as contas que ficaram - laboratório - internação - medicamentos - cremação.

Deixamos um cheque no valor de R$ 415,00 na clinica que irá ser depositado ainda hoje e R$ 215,00 que deverão ser pagos hoje, precisamos de ajuda para quitar essas despesas.
Sabemos que quase ninguém vai querer ajudar a um animal que já morreu, mas sabemos também que todos tem a consciência, de que sem essa ajuda, não poderemos continuar com a nossa missão.

Quem puder colaborar com as despesas do Cassiano, pode fazer um depósito no BB, Itaú ou utilizar o PayPal:

Banco Itaú 341
Agência: 0598
Conta Corrente: 47041-7
Renata da Silva Prieto

Banco do Brasil
Agência: 5869-6
Conta Corrente: 6540-4
Adriana de Oliveira Neves

Para doar através do PayPal utilize o link a seguir: https://www.paypal.com/cgi-bin/webscr?cmd=_s-xclick&hosted_button_id=73VL3RPS693XE