Páginas

5 de junho de 2013

Precisamos prestar alguns esclarecimentos aos nossos amigos...

Amigos,

Gostaríamos de prestar aqui alguns esclarecimentos, após uma série de aborrecimentos por conta desse pedido de ajuda, onde realizamos o resgate do cãozinho Lourenço (visando sempre salvar mais uma vida).

Todos sabem que o G.A.R.R.A. NÃO REALIZA PEDIDOS DE RESGATE PELO TELEFONE OU E-MAIL, devido ao grande número de animais que já temos sob nossos cuidados.



No caso de Lourenço, tudo que nos pediram foi apenas o resgate, Lourenço estava agressivo, várias pessoas tentaram capturá-lo e não conseguiram, segundo a pessoa que nos solicitou ajuda, tudo que precisavam era de alguém com experiência em resgates de animais ariscos... Fui ao local, realizei o resgate e quando vi o estado do animal, percebi que precisaria de um veterinário, ou seja precisaria de mais ajuda.

Fizemos o pedido de ajuda pela internet, para que pudéssemos apenas levar Lourenço ao veterinário, precisaríamos quitar a conta da pequena Úrsula (que está se recuperando maravilhosamente bem) e ter alguma reserva para o atendimento de urgência do nosso amiguinho. Infelizmente a arrecadação desse apelo não chegou a acumular sequer R$200,00 e tive que fazer um empréstimo com uma amiga para conseguir quitar toda a despesa da Úrsula e o restante da dívida do Cassiano que totalizou R$ 565,00 - notas fotografadas no Blog do G.A.R.R.A. - www.garranimal.com.br

Primeira Nota quitada no domingo dia 2 de junho:



Segunda Nota, quitada no domingo dia 02 de junho:




Conseguimos então uma segunda alternativa: A Dra Amanda veio de Seropédica à Pedra de Guaratiba, para atendê-lo, eu já havia conseguido dar a Lourenço um comprimido de Capstar e só precisávamos sedá-lo para a limpeza do ferimento.

Na segunda feira tivemos o primeiro grande aborrecimento, já havíamos comprado:

Petsporin (cefalexina veterinária) 
Capstar (para as bicheiras) 
Flagyl (para giárdia) 
Kollagenase pomada cicatrizante 
Bactrovet spray  
Acepran injetável 
Um anestésico (não me recordo o nome). 

As 16:00 hs da segunda feira meu telefone tocou, com uma mulher histérica, uma criadora de labradores (amiga da pessoa que nos pediu ajuda), aos berros e sem a menor educação, a cidadã gritava que o animal precisava de um atendimento de emergência pois estava fedendo e em sofrimento... como se estivesse pagando pelo "serviço", como se nós fossemos "contratados" do G.A.R.R.A., como se alguém aqui dentro do G.A.R.R.A. recebesse salário e pudesse estar disponível 24 horas por dia para atender o telefone e a milhares de pessoas! AMIGOS NÃO TEMOS CAL CENTER NÃO!
Não nos cansamos de dizer que: DENTRO DO G.A.R.R.A. TODOS SOMOS TRABALHADORES COMUNS, infelizmente NÃO podemos viver o G.A.R.R.A. 24 horas por dia, precisamos trabalhar (como todos vocês, temos nossas contas a pagar) precisamos também colaborar financeiramente para que o G.A.R.R.A. sobreviva.

Lourenço já havia sido resgatado, tomado o capstar e com todas as bicheiras mortas, o ferimento já estava limpo e além disso, se alimentando muito bem, como estava com giárdia - suas fezes estavam com um cheiro mais forte do que o normal - essa foi a única observação feita pela moça que nos pediu ajuda dizendo que o animal ficaria em sua casa...

Engoli a seco todos os desaforos dessa Criadora de labradores, que se mostrou ser realmente digna do título de: Vendedora de Vidas... e liguei imediatamente para a Dra Amanda, afim de saber o tempo estimado para sua chegada e aguardei.

Por volta de 19:00 hs chegamos ao lugar onde estava Lourenço, conseguimos sedá-lo, raspar o pelo ao redor do ferimento, limpar todo o ferimento por dentro (que já estava entrando em processo de cicatrização por conta do capstar), deixamos toda a medicação com a "responsável" por ele e finalmente, as 23:00hs - após todos os procedimentos, um bom tempo fazendo um trabalho de sociabilização com Lourenço e orientações pudemos voltar para nossas casas...

Ontem, as 21:00hs, após ter cuidado de todos os meus lares temporários fui tomar o meu merecido banho, para poder ter o descanso que qualquer um merece ter após um dia cansativo de trabalho... percebi que havia alguém na minha porta, duas pessoas e um cachorro.

A moça que antes havia dito que ficaria com o cãozinho Lourenço em sua casa, gritava o meu nome no portão, muito nervosa, chorando...

Abri a porta e a deixei entrar, o rapaz que estava com ela ficou do lado de fora com Lourenço (já bem mais tranquilo e aceitando o uso da coleira)

Ela simplesmente veio entregar o cãozinho a INSTITUIÇÃO!

Nessas horas fica a pergunta: QUE INSTITUIÇÃO MEUS AMIGOS?

Qualquer semi-analfabeto que entre no site do G.A.R.R.A. e leia o quem somos irá ler: O G.A.R.R.A. é apenas um PEQUENO GRUPO DE AMIGOS, ainda NÃO somos uma ONG!


Fiz questão de esclarecer, mais uma vez, que o G.A.R.R.A. não é uma ONG, mostrei que todos os cômodos e canis da minha casa estavam lotados e ainda sugeri que ela levasse uma cadelinha de porte pequeno para a casa dela para que eu pudesse improvisar um lugarzinho para o Lourenço, até a construção de um canil exclusivo para ele...
Sugeri também que o levássemos para uma Clinica veterinária...

Quando consegui ligar para a clinica veterinária westcare ela foi até a calçada e veio a pior das notícias: o marido dela se distraiu e Lourenço escapou!

Peguei meu carro imediatamente e fomos a sua procura...

Por "sorte" Lourenço voltara para o mesmo lugar onde sempre ficava, na Travessa Epifânia (Estrada do Catruz) do lado de uma Igreja, onde ele fora colocado, mais uma vez por um Pastor, para tomar conta enquanto a Igreja era construída e após a conclusão da obra, jogado na Rua... Desde então Lourenço ficava dentro do mato, mas sempre por perto da tal Igreja...

Claro que aquela hora da noite, tempo chuvoso, muita lama, e diante da liberdade, Lourenço correu, não conseguimos capturá-l de volta...

Hoje, após o trabalho tentarei ir ao local para trazê-lo de volta, mas realmente NÃO temos um lugar para colocá-lo, ou seja: seremos obrigados a apelar para uma hospedagem particular ou alguma clinica que atenda 24 horas para recebê-lo.

Por esse motivo, mesmo tendo arrecadado muito pouca ajuda em dinheiro, gostaríamos de dizer aos amigos que NÃO façam suas colaborações direcionadas ao Lourenço, pois infelizmente ele não está sob os nossos cuidados.

É por essas e outras, que NÃO ACEITAMOS PEDIDOS DE RESGATE, é por essas e outras e por conta de pessoas tão pequenas que muitas vezes a missão de salvar a vida de um animal se torna algo impossível de ser realizado.

Deixamos claro aqui, que o G.A.R.R.A. possui centenas de animais resgatados, dezenas de amigos que colaboram e dezenas de pessoas (como essa criadora de fundo de quintal) que saem por aí, dizendo que colaboram, que doam ração e que NUNCA doaram sequer um grão de ração para os Garrinhos.

Pessoas assim merecem apenas o nosso desprezo, e as tratamos exatamente assim: as desprezamos... Acontece que eventualmente o desespero e a vontade de aparecer dessas pessoas desprezíveis e desprezadas cresce tanto, que não podemos ficar calados.

Como todos sabem, nós, que fazemos parte da Equipe do G.A.R.R.A. não temos medo de expor e compartilhar com nossos amigos os acontecimentos do nosso dia a dia, procuramos sempre ser transparentes, até mesmo para que possamos dividir experiências, aprender e ensinar com nossos amigos.

A única coisa que nos consola é saber que pelo menos Lourenço está sem dor, medicado e não mais sendo comido vivo por bicheiras, mas ainda precisando de cuidados e não iremos virar as costas para ele...

Mas precisamos deixar claro aqui mais uma vez que, mais do que nunca: NÃO ACEITAMOS PEDIDOS DE AJUDA, seja por telefone, e-mails ou POR PESSOAS INCONVENIENTES QUE DESCOBREM OS NOSSOS ENDEREÇOS E VEM BATER EM NOSSAS PORTAS, invadindo nossas casas, nossas vidas.

Quer ajudar o G.A.R.R.A.? Colabore em nossas contas, divulgadas no final dessa mensagem.

Também precisaremos MUITO de um lar temporário para o Lourenço, se algum amigo tiver algum espaço disponível em sua casa e em seu coração, pedimos que entre imediatamente em contato: adote@garranimal.com.br

Quer conhecer o G.A.R.R.A.? Visite-nos em nossas Campanhas de Adoção, vocês serão realmente MUITO bem vindos, e após mostrar que realmente AMA os animais e que é um amigo de verdade, serão MUITO bem vindos em nossas casas, como convidados que entram pela porta da frente, não como intrusos que invadem nosso espaço, nossas vidas com uma postura inconveniente e sem um pingo de educação, afinal de contas, assim como cada pessoa que está lendo esse desabafo, nós também dormimos, tomamos banho, jantamos, trabalhamos e temos vida própria...
Não temos a menor dúvida de que ninguém aqui gostaria de ter sua vida e sua casa invadida dessa maneira.


Para quem quiser e puder colaborar com o G.A.R.R.A., abaixo nossas contas do Banco do Brasil (atenção para a nova conta do BB) e Itaú, além do link do Pay Pal:

Banco Itaú 341
Agência: 0598
Conta Corrente: 47041-7
Renata da Silva Prieto

Banco do Brasil
Agência: 5869-6
Conta Corrente: 6540-4
Adriana de Oliveira Neves

Para doar através do PayPal utilize o link a seguir: https://www.paypal.com/cgi-bin/webscr?cmd=_s-xclick&hosted_button_id=73VL3RPS693XE