Páginas

3 de fevereiro de 2014

Adeus Vovô Luiggi, estamos de Luto

Adeus Luigi - O GARRA está de luto.
Vinte e sete dias... Esse foi o tempo que você passou no seu lar temporário, na casa da Adriana...
Sabemos que foram 27 dias felizes, 27 dias melhorando a cada dia, aprendendo a roubar um franguinho, aprendendo a pular a janela, a deitar em cima da mesa... Voltando a ser criança, aprendendo a ser feliz, aprendendo o que é amor.
E você Luiggi, aprendeu de uma maneira tão pura, que contagiou a todos nós! Nas duas ultimas semanas você estava saltitante, alegre e tão seguro...
Hoje você nos deixou...
Até agora não conseguimos entender como o destino é tão cruel...
Ontem mesmo você estava aprontando, feliz e tão vivo!
De repente você foi dormir e não acordou mais...
Quando recebi o telefonema da sua mãe temporária, aos prantos, não consegui acreditar, a notícia esmagou o meu coração, e sei que também irá atingir o coraçâo de centenas de amigos do GARRA.
A pouco tempo atrás você era escurraçado dos lugares por onde passava... A pouco tempo atrás ninguém te olhava com carinho e respeito...
Até que te encontramos, tão ferido, mal tratado, tão sofrido....
Você se tornou um Garrinho, mais que isso, você se tornou um simbolo de coragem, força e superação...
Com aquele seu olhar sofrido, cativou o amor de pessoas que sequer te conheciam...
E de repente nos deixou...
Sabemos que fizemos tudo que poderia ter sido feito..
Sei também que nos últimos 27 dias você conheceu o que é carinho, respeito e amor... Você teve tudo que há de melhor: comida, tratamento, passeios, amor, muito amor...
Nos resta apenas a esperança de que exista um lugar melhor...
Nos resta apenas tentar recuperar a força e a coragem de seguir em frente, sabendo que muitos ainda irão precisar da nossa ajuda..
Me resta agradecer a Adriana, que te acolheu como lar temporário, mesmo com sua casa lotada, improvisando uma verdadeira CTI em sua cozinha, sem esquecer do conforto de uma cama macia e quentinha, para te tratar, obrigada Adriana, sabemos que para os Vovôs doentinhos você é simplesmente a melhor da família GARRA.
Sabemos que não somos Deuses, mas é impossível não perguntar o porque de certas coisas...
Obrigada por ter nos permitido fazer parte da sua vida Luiggi...
Que um dia possamos nos reencontrar, e quem sabe, viver uma história onde a felicidade o respeito à vida e o amor incondicional sejam tão naturais como hoje em dia são o egoísmo, a violência e a falta de amor e respeito que imperam em nosso Planeta.

O GARRA está de luto, nós perdemos um grande amigo hoje, nós perdemos você Vovô Luiggi.

Renata Prieto - Equipe GARRA