Páginas

27 de abril de 2014

Gato abandonado em uma estrada deserta... Ajude!

Gato abandonado em uma estrada deserta...


Antes de começar o texto de hoje, gostaria de deixar aqui um "recado":

Se você tem um pai ou avô que possua um Mitsubish preto (pajero) comprado na Yen, e tinha dois ou três gatos, reveja seus conceitos, sabemos que muitos "chefes" de família, saem com os animais de seus filhos e esposas, dizendo que encontraram um lar maravilhoso para eles... A realidade é bem diferente...
Esse gato provavelmente saiu de sua casa com a promessa de ir para um lugar melhor, é um gato extremamente dócil e carinhoso, sabe usar a caixinha de areia e temos certeza que alguém lhe dava carinho...
Nem todos os pais de família e maridos ou avôs, que batem no peito dizendo amar os animais dão aos cães e gatos de sua família um destino digno.



Amigos,

Ontem a tarde a caminho do Haras Sonhador, onde estão hospedadas nossas Garronas Arianna e Paulinha, nos deparamos com uma cena revoltante.

Uma Pajero preta, e dois velhos decrépitos (não merecem ser chamados de senhores) com um saco verde enorme e a mala do carro aberta...
No exato momento em que passávamos, vimos um gato saindo desse saco e correndo desesperado para uma fazenda onde os bois ficam pastando, em Paciência, na estrada do Cemitério Jardim da Saudade.

Parei meu carro imediatamente e comecei a discutir com um dos velhos, que dizia estar levando apenas dois dos oito gatos da casa dele para o sítio que ele tinha no local...

Os gatos, com certeza foram adotados ainda filhotes por alguém e cruzaram.

Os dois velhos entraram no carro rapidamente com o outro gatinho ainda no saco e dispararam em alta velocidade.

Como não havia jeito de pegar o gato que "fugiu" para o mato, decidi perseguí-lo, na hora da revolta e nervosismo não me lembrei de anotar a placa do carro, mas era uma Pajero comprada na Yen (o carro tinha esse adesivo).

Eles andaram em disparada até o final da Rua, que é sem saída e voltaram em alta velocidade.
Como meu carro é velho e não está alinhado, não consegui alcançá-lo...

Na volta, encontramos o gatinho que eles covardemente descartaram daquele saco, apavorado, entre a estrada do lado e o terreno (todo telado) tentando entrar no mato.

Respirei fundo e me abaixei para chamá-lo...

Gabriel veio em minha direção como se eu fosse sua única salvação, é um gato macho, não castrado e muito carinhoso.

Agora ele está em segurança, estava faminto e veio ronronando no meu colo o tempo todo...

Voltamos ao local para tentar encontrar a outra gatinha, mas não conseguimos, tentaremos hoje novamente...

Preciso muito de um lar temporário para o Gabriel, que está provisoriamente na nossa Gaiola de Campanha de adoção.
Amanhã iremos levá-lo a Clinica Veterinária Lah Vet, para fazer o teste de FIV e FELV e também para ver seu estado geral de saúde e providenciar a castração.

Amigos, testemunhar um crime desses me fez pensar, em quantos animais resgatados, comprados ou adotados passam exatamente por esse sofrimento. Quantas pessoas não saem por aí distribuindo animais nas FEIRAS de adoção e sequer se preocupam com o destino de seus resgatados?

Trabalhar assim, é transferir problemas... É preciso acompanhar as adoções!

Nas CAMPANHAS de Adoção do G.A.R.R.A. procuramos ter critérios rigorosos, e ainda assim sabemos que não estamos isentos de passar por situações como essas.

Ainda hoje irei tirar fotos mais nítidas do Gabriel, para quem sabe, possamos encontrar o protetor que o resgatou e doou, e iremos também até o local onde Gabriel foi descartado para tentar encontrar o outro gatinho...

Gatos são animais sensíveis, são amigos, carinhosos e excelentes companheiros...

Tudo que pude desejar naquele momento, foi uma morte bem lenta e sofrida para esses dois velhos babacas, e pensar, que provavelmente eles disseram para suas esposas e filhas que iriam levar os gatinhos para um lindo lugar...

Gabriel é carinhoso demais, ronrona o tempo todo...

Quem sabe, se compartilharmos suas fotos, pelo menos a família desses dois monstros não o reconhecem e o façam sentir vergonha por existirem...

Não consegui dormir direito, pensando o quanto fui burra em não ter fotografado a placa do carro, mas já era tarde demais, preferi tentar salvar a vida do Gabriel, naquele momento isso era muito mais importante...

Pedimos ainda, a quem puder colaborar com o G.A.R.R.A. que nos ajude, QUALQUER quantia irá fazer toda a diferença nesse momento de crise, nossa Vovó Atayde ainda está internada na Clinica Veterinária Animália, nossa ração irá acabar amanhã novamente, e viver nessa angustia tem nos tirado a força para seguir em frente.

Gabriel está nessa gaiola minuscula, pois não temos um espaço para ele.
Amanhã precisaremos ter em mãos os valores para pagar o Teste de FIV e FELV, hemograma e se tudo correr bem a castração, o que soma um total aproximado de R$ 300,00

Colaborem!


Abaixo nossas contas do Banco do Brasil (atenção para a nova conta) e Itaú, além do link do Pay Pal:

Banco Itaú 341
Agência: 0598
Conta Corrente: 47041-7
Renata da Silva Prieto

Banco do Brasil
Agência: 5869-6
Conta Corrente: 6540-4
Adriana de Oliveira Neves

Para doar através do PayPal utilize o link a seguir: https://www.paypal.com/cgi-bin/webscr?cmd=_s-xclick&hosted_button_id=73VL3RPS693XE


Caso seja preciso realizar um DOC, envie-nos um email: garranimalrj@gmail.com solicitando o CPF.