Páginas

27 de setembro de 2014

Sobre a audiência contra o carroceiro Israel, que aleijou a Égua Emília.

Da esquerda para a direita:
Cristina Correia, Karine Pecki, Viviane Souza, Ingrid Queiroz, Renata Prieto, Marli Moraes, Cristiane Cruz e Alexia Knopf.
Agradecemos também ao nosso amigo André, que esteve presente para participar da manifestação!

Poucos apareceram...
Acho incrível a quantidade de criticas que recebemos quando respondemos que não podemos sair de Guaratiba para, por exemplo, resgatar as três horas da madrugada, um filhote de urubu no Grajaú, a pessoa então invade o nosso facebook, nos chama de especistas comodistas... Ser "ativista" de Zona Sul ou só por trás da tela de um computador é muito fácil... E ainda se acham no direito de exigir a nossa presença! 


O carroceiro Israel (conhecido como Índio) não compareceu a audiência.
A ação de maus tratos irá para execução, onde sugerimos que ele faça trabalhos em ONGs de proteção ambiental.

Sabemos que essa punição está longe de ser o que sonhamos, mas pelo menos, ele não irá ficar impune e nós ficaremos de olho nos outros quatro animais que ele afirmou manter em seu depoimento, e temos certeza que ele sabe disso.

Essa luta está apenas começando, e nós do G.A.R.R.A. decidimos assumir também a luta pelo bem estar dos animais de tração, pois só mesmo quem convive ou já conviveu com esses animais maravilhosos, poderia compreender o que dizemos quando afirmamos que eles sofrem calados, são gigantes que poderiam tirar facilmente a vida de um homem, mas são leais e jamais agem de forma covarde...

Levante um braço para um cavalo e observe sua reação...
Ele não irá te atacar... 
Ele irá apenas fugir...