Páginas

9 de dezembro de 2014

Mais uma égua resgatada pelo G.A.R.R.A. - PRECISAMOS DE AJUDA!



Sexta feira a noite, recebemos um telefonema de uma amiga pedindo socorro para um cavalo, com uma possível fratura na pata em Campo Grande...

Fomos imediatamente ao encontro dela, pois sabemos o tamanho da dor de uma fratura, principalmente nos cavalos.

Chegamos ao local e encontramos Léa, uma égua tordilha, que estava visivelmente com muitas dores em sofrimento...

Léa estava com um Bambu ao redor de toda sua pata, causando cortes e feridas horríveis em sua pele.
Magra, desidratada, infestada de carrapatos...



Pedimos a ajuda da Dra Renata Socci e providenciamos também um carreto para transportá-la.

Léa está agora sob os nossos cuidados, já estamos providenciando o registro de ocorrência na delegacia e o principal: Léa está sendo medicada e tratada diariamente.

Não tivemos como publicar as fotos e a notícia da Léa no dia de seu resgate, pois a quantidade de trabalho que o G.A.R.R.A. tem demandado é enorme e como todos sabem, o G.A.R.R.A. não é o nosso emprego, precisamos trabalhar em nossos empregos e cuidar dos nossos animais.


Sabemos que para fazer parte do G.A.R.R.A.precisamos estar preparados para casos de maus tratos, ficamos revoltados, mas essa é a nossa missão...
O que mais nos revolta, é publicar as imagens fortes da nossa nova Garrona, pedir ajuda e nos comentários dessa publicação, as respostas serem outros pedidos de ajuda...



Incrível, como QUASE NINGUÉM se propõe a estender a mão para os cavalos!

Muitos acham linda e nobre a atitude! Outros pedem para vir conhecê-las só para fazer uma "selfie"...

Ao realizar o resgate de um cavalo, estamos colocando nossa segurança em risco, já que normalmente esses animais são "propriedade" de carroceiros ignorantes, que andam armados com facões enormes e fazem todo tipo de ameaça, inclusive as nossas vidas... Acredito que não seja qualquer pessoa que tenha a coragem de encarar e bater de frente com esse tipo de gente... Nós do G.A.R.R.A. temos.



Poucos se preocuparam em nos perguntar quais seriam os medicamentos, os procedimentos e a alimentação que seria feita com a Léa!

Nossa despesa com essa menina linda, já ultrapassou os mil reais e isso porque temos amigos que nos fazem um preço diferenciado, com desconto...


A vida da Léa já mudou!
Ela toma banho todos os dias, come alfafa da melhor qualidade, ração premium para cavalos, está sendo medicada por veterinários diariamente...

Mas o G.A.R.R.A. continua precisando MUITO da ajuda de todos.

Não temos mais a quem recorrer, estamos novamente nos afogando em dívidas e infelizmente, essas dividas refletem diretamente na qualidade de vida dos nossos resgatados.



Temos milhares de seguidores, amigos e pessoas inscritas nas nossas listas de e-mails...

Se cada amigo disponibilizasse uma mísera moeda de UM REAL para colaborar, acredito que ninguém ficaria mais pobre, porém o G.A.R.R.A. conseguiria desafogar...

Esse é sim, um pedido desesperado de socorro e se você, assim como nós, acredita que vale a pena colaborar com o G.A.R.R.A. ajude, colabore!

Acredite, UM REAL irá fazer toda a diferença, a união faz a força, no total cerca de quinze mil pessoas nos acompanham...

Se pelo menos metade desses seguidores disponibilizassem UMA ÚNICA MOEDA DE UM REAL, conseguiríamos quitar nossas dívidas, manter a qualidade de vida dos nossos animais e ajudar a tantos que estão a espera de ajuda.


Abaixo nossas contas do Banco do Brasil e Itaú, além do link do Pay Pal:

Banco Itaú 341
Agência: 0598
Conta Corrente: 47041-7
Renata da Silva Prieto

Banco do Brasil
Agência: 5869-6
Conta Corrente: 6540-4
Adriana de Oliveira Neves

Para doar através do PayPal utilize o link a seguir:
https://www.paypal.com/cgi-bin/webscr?cmd=_s-xclick&hosted_button_id=73VL3RPS693XE


Caso seja preciso realizar um DOC, enviar ração ou fazer o lar temporário de um Garrinho, envie-nos um email: garranimalrj@gmail.com solicitando informações ou CPF.