Páginas

11 de junho de 2015

O resgate de Eros, cavalo com a pata fraturada





Toda a história do Eros os amigos encontrarão no nosso instagram @garranimal ou no nosso facebook: www.facebook.com/garranimalrj 



Eros, o cavalo com a Pata Fraturada...

Conseguimos removê-lo para o CCZ, onde ele irá passar essa noite.

O Dr Mauro nos prometeu deixar cuidar dele, pois em casos de fratura o indicativo é a Eutanásia.

Queremos tentar tudo que for possível para que ele seja operado, sabemos que na Horse Center em Itaipava as cirurgias costumam ter sucesso.

No caso do Eros, ele precisará ter a pata fraturada novamente, para que possa ser colocada no lugar, pois a fratura já está com a cicatrização óssea (consolidada).

Amanhã iremos ao CCZ, levaremos Alfafa, ração, medicamentos e conversaremos com o pessoal da Horse Center onde tentaremos conseguir ajuda para o Eros...

Não sabemos ainda o que poderá ser feito, mas podem ter certeza que tentaremos até o final.

Apesar de toda dor, de todo sofrimento, ele é um cavalo dócil, muito manso e calmo...

Eros não merece passar por isso, ele não merece perder a vida por ter sido explorado durante toda a sua existência....

Nós, nos sentimos impotentes, fracassados diante dessa situação, uma cirurgia de cavalo não irá custar menos que dez mil reais e temos certeza que não iremos conseguir esse valor.

Essa é a realidade, as chances de Eros voltar a ter uma vida feliz são mínimas.

Vale lembrar que o Dr Mauro do CCZ foi um anjo, nos atendeu prontamente...

Vale lembrar que a nova gestão da SEPDA, está querendo demitir os melhores doutores que eles tem, pessoas como o Dr Fernando e o Dr Mauro, deveriam receber todo o reconhecimento pelo trabalho que realizam... Infelizmente, no Brasil as coisas são assim...

A injustiça onde o mais forte e o mais poderoso sempre dá um jeito de acabar com os bons.

Que possamos trazer boas notícias amanhã, sem esperança nenhuma, mas enquanto Eros estiver vivo, nós iremos tentar.

Equipe G.A.R.R.A.



-----------------------------------


E de repente vc tira uma parte do dia para tentar se afastar do stress que é a rotina de quem coordena um grupo como o G.A.R.R.A.

Ao chegar na Praia de Grumari, me deparo com um cãozinho que foi amplamente divulgado na internet, segundo as pessoas ele estava aleijado, tinha dono e seria operado... Só que não!

Saí da praia um tanto abalada...

Passei no horti-fruti, onde havia encomendado cenouras com os ramalhetes (cavalos adoram) e parti em direção ao Rancho sonhador, para dar um mimo a Arianna, Paulinha, Léa e Halley...

Quase chegando, me deparo com uma das piores cenas que alguém pode imaginar:


UM CAVALO, SE CONTORCENDO DE DOR, COM UMA FRATURA HORRIVEL NA MÃO.


Parei o carro, tentei me aproximar, o cavalo era um doce, muito manso...

Tentei ligar imediatamente para a Dra Renata Socci, que sempre atende aos nossos pedidos, mas hoje ela estava em atendimento num lugar onde o telefone não pegava.

Algumas pessoas me xingavam porque estava atrapalhando o trânsito, outras diziam que passaram o dia ligando para o 1746 - Telefone da SEPDA, e que só teriam disponibilidade de atender o chamado daqui a QUARENTA E OITO HORAS!

Comecei a acionar todos os meus contatos, peço desculpas pela enchurrada de vídeos enviados pelo instagram, sem texto, mostrando apenas o sofrimento daquele animal...


O desespero, a sensação de impotência, a revolta por ser pobre e não ter dinheiro para bater o martelo e dizer: Ok! Agora você está salvo e terá o meolhor tratamento do mundo.


Sensação de derrota, e o cavalo... Ali, como quem te olha pedindo socorro, eles realmente sofrem calados! Esse animal se contorcia de dor sem que um som, uma lágrima caísse de seus olhos...



Fui correndo ao Haras, pedi ajuda aos "homens" que ali estavam, eles riram, fizeram pouco caso, era só um "pangaré" que não valia mais nada... Praguejei, dizendo que não adiantava aquele bando de crente viver na igreja, pois Deus, o nosso Deus, não colocou os animais nesse mundo para serem explorados ou simplesmente para alimentar os egos dos vaidosos com coleções de troféus! Deus os colocou aqui, para que sejam protegidos pelo homem, que se diz sua imagem e semelhança!


Horas depois consegui o telefone do Dr Mauro, diretor do CCZ e logo em seguida, consegui falar com a Dra Renata Socci, que veio imediatamente ao nosso encontro.

Nesse meio tempo, tomei a iniciativa e fiz uma aplicação intra venosa do Equipalazone, um anti-inflamatório muito potente para dores, medicamento específico para equinos.

A Dra Renata chegou e a avaliação foi a pior possível, a fratura já está cicatrizada (solidificada) e para tentar "consertar" só mesmo com cirurgia...

Logo em seguida o transporte do CCZ (a pedido do Dr Mauro) chegou, foram muito cuidadosos e nos garantiram que amanhã esse cavalo tão sofrido estará lá, esperando por nós.

Queremos muito tentar conseguir essa cirurgia, porém o custo é altíssimo, não se gasta menos do que QUINZE MIL REAIS numa fratura em um cavalo.

Sinceramente eu não sei o que fazer, não sei se peço ajuda e tentamos levá-lo para uma cirurgia, ou se o deixamos descansar, sendo eutanasiado por conta dessa lesão.

Cavalos não sobrevivem bem sem uma pata, essa é a realidade, ou ele é operado e tentamos (mesmo com poucas chances) que ele se recupere, ou desistimos dessa vida, que já deve ter, durante muitos anos colocado a comida na mesa de algum infeliz que o largou desse jeito, à própria sorte.

Essa é a nossa vida, somos apenas um grupo de fracassados, porque a verdade é que não adiante ter amor, não adianta ter vontade, não adianta ter atitude... O QUE IMPORTA É TER DINHEIRO E INFLUÊNCIA e isso, infelizmente o G.A.R.R.A. não tem

Sinto muito pelo desabafo, mas eu precisava colocar essa merda de sentimento pra fora.

Agradeço ao Dr Mauro do CCZ que foi simplesmente um anjo, e lamento pelo novo secretário estar tirando os bons funcionários que a SEPDA e o CCZ tem... Pessoas como Dr Fernando, Dra Cláudia Magalhães e Dr Mauro, deveriam ser considerados jóias raras, são dos poucos que fazem com eficiência seus trabalhos.

Ajude-nos a manter uma vida digna para os nossos cavalos.

Colabore com o G.A.R.R.A. em uma de nossas contas

Banco Itaú 341
Agência: 0598
Conta Corrente: 47041-7
Renata da Silva Prieto

Banco do Brasil
Agência: 5869-6
Conta Corrente: 6540-4
Adriana de Oliveira Neves



Caso deseje realizar um DOC, enviar ração ou fazer o lar temporário de um Garrinho, envie-nos um email: garranimalrj@gmail.com solicitando informações ou CPF.

Ou pelos telefones: Tel: (21) 98652-6684 / 98819-9881


Para doar através do PayPal utilize o link a seguir: 


Para colaborar através do PagSeguro, clique no botão abaixo:




Renata Prieto - Equipe G.A.R.R.A.