22 de junho de 2020

Adeus Vovó Clarissa - LUTO


Luto
Adeus Vovó Clarissa...










.






































Eu não sei o que dizer nesse momento...
As lágrimas não me permitem...

Ontem, quando percebemos que a sua respiração estava ficando ofegante, sabíamos que estava na hora de correr de volta para o hospital e nós corremos... 
Te cercando de carinho, amor e cuidados

Chegamos no CVBT e você foi levada direto para o oxigênio, foi sedada e entubada...
Veio então a notícia de que o seu tumor se rompeu e nós ficamos ali fora, pedindo um Milagre...

A dor da sua partida é uma dor de muito amor Clarissa, é a maior prova do quanto você foi amada... 
Você não passou por esse mundo em branco, você foi amada e muito querida aqui na minha casa...
A nossa cozinha virou uma CTI, a Cris foi uma guerreira e percebemos que nos tornamos as suas mães humanas...
Não se sinta rejeitada pelas pessoas minha amada Véia, quem não te escolheu, não sabe a sorte que deixou pra trás, porque você tinha todo amor e alegria desse mundo para melhorar os dias de quem quer que fosse!
E nós, aqui em casa, vamos preferir ficar com a imagem dos seus olhinhos brilhando à cada beijo de boa noite, à cada "Eu te amo Véia"....

No coração, vai ficar um vazio para sempre...
Desde aquela noite em abril de 2013, quando te vimos pela primeira vez, naquele cubículo imundo, lotado de fezes e você ali, abanando o rabinho para os monstros que te condenaram àquela situação...

Vai correr feliz Clarissa!
A saudade vai ficar para sempre aqui dentro do nosso peito.
Mas sabemos que esses últimos dias, sem conseguir se levantar, sem poder implicar com a Donatella, sem poder pular e brincar com os seus amiguinhos, foram dias difíceis...
Tentamos suprir tudo com amor, com cuidados as suas limitações.
Tentamos ser o melhor, te virando à cada duas horas, te medicando...
Fazendo todo esforço para te colocar de pé, para se sentir mais confortável...
Te dando banho deitada toda vez que você fazia suas necessidades...


Vai brilhar Clarissa, sabendo que você não passou por esse mundo em branco...
Hoje só podemos pedir com muita Fé, que exista sim a ponte do arco-íris, que exista o céu dos cachorros e que você já esteja lá, liderando a sua matilha correndo e latindo feliz...

Obrigada Clarissa amada, por todo amor, por ter feito parte da nossa história e por ter nos permitido ter a honra de dizer que fomos sim as suas mães humanas de verdade nessa sua passagem por aqui.

Nós te amaremos para sempre filha amada.

Vamos deixar aqui o link do dia do seu resgate


Foram 7 anos de muito amor!


Fico imaginando em tantos abrigos, casas ou nas Ruas os animais doentes que passam as noites sozinhos...
Você não passou um minuto sozinha desde o dia em que soubemos que você estava doente...
Nós jamais conseguiríamos dormir se você tivesse sozinha...
Durante a noite, quando você se sujava nós te dávamos banho, te virávamos, te oferecíamos água, sempre acompanhado de muito carinho e de muitas declarações de amor...


Nenhum comentário:

Postar um comentário